Os tempos de Budapeste

Cruzar o Danúbio é realizar um prodígio de outros tempos, quando o caudaloso rio ainda não se cobria com as pontes de agora. Na época do Império, as legiões permaneciam de um lado; de outro, os bárbaros. Atravessar aquelas águas foi sonho durante muitos anos. Hoje, a história da Hungria se concentra fielmente naquela correnteza que tenta nos contar tudo o que aconteceu.

Os húngaros são um povo único. Vindos provavelmente da Ásia, se concentraram num território que, no meio da Europa, é uma ilha linguística. O idioma singular só tem semelhança com o finlandês – não tem raiz latina, grega ou eslava. Acumulam-se as culturas celta, romana, austríaca. Toda uma série de reis, desde os míticos aos mais mortais, sucederam-se em ocupar a colina que ostenta um palácio de rara imponência.

Há muitos tempos em Budapeste. Caminho pelas ruas e sinto-me, às vezes, na década de 80. Não fossem os carros modernos, dentro de um bonde amarelo eu me transporia facilmente para um momento soviético.

No museu nacional, prédio lindo, passeio por corredores que me levam desde o lapidário romano até os reis cristãos, tangenciando o pré-histórico e, claro, o muito contemporâneo.

Muito contemporâneo? Parece que a Hungria tece com calma os fios do tempo e chega-nos, com o seu tempo, a acalmar o ocidental desavisado. Sem perceber, entro na paciência e a rapidez das águas do Danúbio me levam com o rio a percorrer o tempo que tenho.

Custei a chegar na Hungria. Tive de resolver questões chatas no aeroporto e revisar minha agenda com outros voos e novas conexões. Contudo cheguei. A cidade me esperou. A ansiedade morreu. Afogou-se naquelas águas, também, toda pressa por fazer qualquer coisa. Estar lá já foi o bastante.

—-

Os tempos de Budapeste são vários. Mas o maior dos tempos, a eternidade, também está presente ali. Não há passado ou futuro que possam impedir de sentir isso naquela cidade. Gostei de Budapeste. Um dia volto. Sem pressa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s