Prometeu desacorrentado

Dizem que Ésquilo escreveu duas peças sobre o mito que conta as proezas do Titã que roubou o fogo dos deuses. O seu primeiro trabalho, Prometeu Acorrentado, chegou até nós. Já a segunda peça, Prometeu Liberto, não teve o mesmo destino. Mas sabemos algo sobre a narrativa.

O titã, sorrateiramente, adentra o palácio do Olimpo aproveitando-se do sono de Zeus e furta a chama que seria, em seguida, entregue à humanidade. Por causa disso, é condenado ficar no Cáucaso, de cabeça para baixo, preso por correntes, enquanto uma águia lhe comia o fígado todos os dias.

Quem liberta Prometeu? Parece que é Hércules, filho do mesmo Zeus que condenara o senhor da luz. Este herói simboliza, pelos seus doze trabalhos, a saga de todo indivíduo – do seu autoconhecimento ao seu autodominio, chegando a realizar-se na plenitude (apoteose).

Nos transformamos quando nos libertamos. Quando expomos mais a nossa verdadeira natureza. Não aquela cheia de “gostos e desgostos”, de afetos e preferências, mas a que tem o poder de realizar façanhas.

Sem a superficialidade dos livros de autoajuda, sem o exagero lacaniano, podemos todos ousar, sim, a desacorrentar Prometeu.

O estresse da vida, com todas as suas complicações, assemelha a nossa jornada à esquisita imagem do revirado titã condoído pelo fígado mordido. Entretanto, não temos só disso.

Atrevo-me, até, a afirmar que podemos eleger mais a condição do herói que a do titã. A saudável ambição de atualizar o potencial humano está disponível para quem queira viver por isso. Recomendo.

—-

Às vezes, quando descubro a beleza da bondade, da coragem ou da inteligência nas pessoas, acredito que entendo um pouquinho sobre a nossa verdadeira identidade. Todos somos um pouco Hércules.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s