Humanité

Depois da revolução, o humanismo.

É, eu sei que há muito romantismo em torno das revoluções, mas como se trata aqui de promover uma nova história ao invés de analisar os fatos passados, permito-me. As práticas de gestão que proponho não poderiam se basear em outro fundamento que não o humanismo.

Uma forma de mostrar isso no dia a dia das organizações é fazer com que o trabalho se adapte às pessoas, e não as pessoas ao trabalho. Mais que ergonomia – de cadeiras, mesas e instrumentos – e outras adaptações funcionais, penso que podemos simplificar a burocracia (desumana) que põe os esquemas na frente das pessoas.

Outro: quem aguenta hoje em dia autoritarismo? E veja que não sou adepto da anarquia – penso que a hierarquia pode ser saudável, definida pela virtude e pela responsabilidade, e não por cargos e timocracia.

Outra: chatice, você ainda aguenta ambientes enfadonhos com rotina mecânica que desafia a inteligência mais modesta?

Mais uma: ganância. Dinheiro é bom, mas sempre é meio para um fim (o que se quer comprar). E além de meios e fins, não seria (por favor!) a hora de pensarmos em princípios?

Maquiavélicos falam de meios e fins, esquecendo-se dos princípios. Humanistas partem destes últimos, posto que são os primeiros.

Convido-te leitor amigo, a assumir um paradigma humanista para as organizações. Do contrário, como pensa em competir pelo maior ativo do século XXI (ou de todos os séculos?): gente.

Dica de reflexão: se não faz sentido um executivo de TI que não gosta de tecnologia, como faria sentido um CEO – ou qualquer outro C-Level – que não gosta de gente?

A revolução na gestão deve ser de uma luta interior, mais lembrando uma criança (o futuro) meditando do que um bando de velhos brigando. Pense nisso.

—-

Romântico demais! Bradariam alguns. Talvez, então, eu seja o último romântico. Mas gosto de acreditar que sou o primeiro dos novos consultores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s