Futuro da gestão

Há alguns anos li o livro do Gary Hamel* e fiquei super estimulado a pensar sobre o assunto. Mas confesso que acabei dedicando-me mais ao presente da gestão nestes anos que se seguiram à leitura. Agora já são passado, claro.

Hoje tenho voltado minha atenção (e tempo) a estudar novas práticas gerenciais. Primavera! Tempos de recomeço e de renascer.

Sou um filósofo. Ocupo-me, sim, do gerenciamento de projetos no dia-a-dia – aliás, há 20 anos já! Só que não costumo refletir sobre essas experiências com a “literatura de aeroporto”. Ao invés disso, tento compreender os fatos que vivencio nas empresas à luz de conceitos e ideias mais profundas e, portanto, mais permanentes. Prefiro Platão e Confúcio, normalmente. Morin também. Mas Mintzberg, Patel e Maister já ganharam seu espaço nas minhas prateleiras.

Ando bastante de avião, mas levo as leituras comigo, desde casa. Os modismos cansam-me a visão – os olhos fogem da responsabilidade. 

Para investigar o futuro da gestão é preciso combinar um olhar agudo com uma amplitude de imaginação. Ambas exigem compromisso. Senão… bem, senão, viro eu mesmo leitura supérflua.

Segundo a maioria dos futuristas e estudiosos do tema, o futuro da gestão deve acompanhar as mudanças demográficas, tecnológicas e socioculturais que se avizinham. O século XXI, óbvio, já demonstra uma saída pela tangente. Não será uma repetição do passado. 

Novos tempos, novos paradigmas. Quem não se reinventa, envelhece. 

O tempo passa. Mas o tempo interior cresce, se amplia. Se a consciência se abre, rejuvenesce. 

Se você é sócio de um negócio intensivo em conhecimento, saiba que o futuro das organizações copia muitas coisas das knowledge firms tradicionais**. Contudo vocês também deverão prospectar o “mais à frente”. Vamos juntos nessa.

—-

Chegou a hora de escrever sobre o futuro da gestão. Os próximos posts serão sobre isso, ok?

*The Future of Management, de Gary Hamel, livro de alguns anos, mas um clássico. Tbm recomendo seu projeto MIX.

**As organizações de conhecimento intensivo servem de inspiração para remodelar muitas das práticas gerenciais em fábricas e indústrias convencionais. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s